Petshop (11)2578-0305 | 94207-5043
Clínica Veterinária (11)5583-0390

Escrito por Dentalvet

Gengivite

Uma vez que as bactérias da placa bacteriana iniciem sua destruição do periodonto, a primeira estrutura atingida é a gengiva. Ela se torna inflamada, avermelhada e pode sangrar com facilidade. Como ainda não houve lesão na parte óssea (alvéolo dentário) e nem das demais estruturas do periodonto esta gengivite é reversível uma vez que se inicie o tratamento prontamente.

Periodontite

Se nenhum tratamento for feito, as bactérias continuam a produzir cada vez mais toxinas e a destruição começa a atingir os ligamentos de sustentação do dente, o cemento (substância que ajuda na adesão entre dente e osso) e o osso alveolar. Esta etapa chama-se periodontite e é de modo geral irreversível.

A quantidade de osso perdida pela doença não será mais recuperada. Por essa razão, o animal sofre retração do osso mandibular ou maxilar assim como da gengiva fazendo com que a raiz do dente fique exposta (ilusão de que o dente “cresceu”).

Complicações

1 – Dentes sem a sustentação apropriada ficam mais propensos a fraturas.

2 – Raízes expostas podem causar dor.

3 – Perda óssea formando uma bolsa periodontal (observe na radiografia ao lado) extensa pode contaminar a polpa do dente causando lesão interna no dente (dor intensa) e infecções purulentas (abcessos).

4 – Principal Complicação: as bactérias que continuam se proliferando estarão invadindo a corrente sanguínea do seu animal e causarão lesões em órgãos internos como coração, fígado, rins e articulações.
Cada bactéria causa pequeninas lesões nos vasos sanguíneos, articulações (poliartrite) e em órgãos como coração (principalmente no endocárdio – endocardite bacteriana), fígado (hepatite) e rins (glomerulonefrite). Com o passar dos anos, estas pequeninas lesões crescem, pois as bactérias presentes no tártaro continuam a se multiplicar, e passam a prejudicar o funcionamento destes órgãos.

Portanto a mensagem é clara: Proteja o seu animal! 

O ataque silencioso

Durante todo o período em que o seu animal apresentar a doença periodontal lembre-se que, além do mau hálito ( halitose ) que incomoda à toda família, ele também estará sofrendo um bombardeio silencioso de milhões de bactérias que estarão saindo das placas de tártaro e indo para seus órgãos internos através da corrente sanguínea.

Não permita que ele passe anos acumulando tártaro e bactérias que além de causarem odores desagradáveis, destruirão seus dentes e seus órgãos internos. Não espere que ele apresente “um pouquinho mais de tártaro” para leva-lo a um odontologista veterinário.

Procure o tratamento periodontal o quanto antes e comece um programa de profilaxia e higiene bucal para que seu cão possa passar longos anos de alegria e companheirismo

 Fonte: Dentalvet